Pré Requisitos para um Node

Ter um node (de qualquer criptomoeda) nâo é algo trivial. Além do investimento no VPS (AWS, DigitalOcean, Google Cloud ou outros), há um investimento que custa muito mais: TEMPO!

Um servidor aberto para internet requer atenção constante. Existem vários robôs varrendo a internet em busca de brechas e as criptomoedas são as mais visadas atualmente, devido ao anonimato das transações – caso queiram ver um log, me chamem em PV.

Com isto em mente, nossa sugestão é, sempre, conhecer muito bem seu sistema operacional, segurança e firewalls. Se seu desejo é aprender a tecnologia, sem a preocupação com a segurança ou com a perda de investimento, sugiro subir seu node acessando a rede TESTNET.

Agora, se o seu desejo é ter um node e trabalhar para que ele seja rentável, segue abaixo algumas considerações importantes:

– Hardware: O Node roda em JAVA (que é um comedor de memória e CPU). Sugerimos um VPS mínima, com 2Gb de RAM, 2 vCPU e mínimo de 30Gb de disco.

– Sistema Operacional: Falar sobre sistema operacional é igual à religião – cada um tem a sua. Mas, levando em conta as limitações de hardware, recomendamos o uso de uma distro Linux, com uma boa comunidade para dar suporte. Nós usamos Ubuntu 16.04 LTS – 64 Bits em nosso ambiente. Um outro SO que podemos recomendar, é o CentOS.

– Segurança: Mesmo habilitando o Firewall do Provedor e o Firewall do Sistema Operacional, seu node corre riscos! Sistemas Operacionais sem atualização, portas abertas em demasia e uso do usuário root (ao invés de um usuário sem privilégios) são erros muito comuns usados por invasores. Mantenha seu node atualizado e deixe somente as portas estritamente necessárias para rodar o node (porta 22 para seu acesso e a porta 7770 para a comunicação entre os nodes)

– Monitoramento: Considere seu servidor um Tamagoshi. Como o Tamagoshi original, ele requer atenção constante. Você precisa saber como está a utilização de CPU, memória e disco (monitoramento básico) e agir de acordo com os alertas que são apresentados.

– Gerenciamento do Node: Acompanhamento de log e uso da JVM são atividades básicas para um Owner de Nó.

– Distribuição LPoS: As pessoas somente irão colocar as moedas em seu address se você for confiável. Distribua suas recompensas regularmente – preferencialmente por um script com data e hora marcada. E não se esqueça de olhar se tudo correu bem! Afinal, você está administrando moedas de terceiros!

Bom, este é um pequeno resumo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.